Mudanças climáticas e a Neutralização de Carbono

Se você é atento a assuntos e notícias sobre sustentabilidade e, principalmente, mudanças climáticas, já deve ter ouvido falar sobre os problemas acerca da emissão de carbono.

Os principais gases de efeito estufa são o dióxido de carbono (CO2), o metano e o óxido nitroso. O CO2 é o gás que tem maior contribuição para o aquecimento global, pois representa mais de 70% das emissões destes gases e o seu tempo de permanência na atmosfera é de, no mínimo, cem anos. 

Atualmente, julho de 2021, vimos uma frente polar chegar ao Brasil e atingir metade do país. Segundo o meteorologista Fábio Luengo, em entrevista à CNN, essa variação de temperaturas que atinge o mundo todo está conectada com o aquecimento global: “De uns anos para cá essa variação ficou um pouco mais maluca (…) outras oscilações da atmosfera acabam influenciando, como El Niño, La Niña, entre outras, mas, um dos motivos, é sim o aquecimento global.”

Segundo a Organização Meteorológica Mundial, a previsão é que a temperatura da Terra aumente entre 2 e 6 graus Celsius neste século. Todo esse desequilíbrio pode gerar secas e ciclones mais intensos, oceanos mais ácidos, extinção de espécies que garantem o equilíbrio ecológico, entre outros efeitos danosos para vida. Desta maneira, a tendência é os eventos extremos aumentarem em frequência e duração.

Estes são alguns dos problemas relacionados à emissão de carbono e mudanças climáticas, que já estamos sentindo. 

Leia o artigo na íntegra aqui.

Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
Tiktok